Associação ganha mais visibilidade no Núcleo dos Conselhos

Há dez meses a sede da Associação de Surdos de Rondonópolis (Assuroo) está em novo local. Agora ela foi incluída ao Núcleo de Conselhos (antigo Centro de Reabilitação Nilmo Júnior), localizada na Avenida Tiradentes, no Centro da cidade.

Anteriormente, a entidade era localizada na Rua Arnaldo Estevão, na região da antiga rodoviária. E a mudança tem proporcionado a Assuroo mais visibilidade nas ações que promovem.

É comum ocorrerem iniciativas através de parcerias, como o caso de um aplicativo que é desenvolvido por alunos do curso de Sistemas da Informação do campus local da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A finalidade do aplicativo é de permitir que o surdo avalie outros aplicativos por meio da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Inclusive, no sábado passado (21), cinco alunos do curso foram até a associação e realizaram com as pessoas surdas testes com esse programa.

Vanuza Martins Leite, intérprete voluntária de Libras, ao lado do coordenador de eventos da Assuroo, Claudionor Bauer da Silva, em visita ao A TRIBUNA, para falar da associação

Além disso, cada vez mais tem aparecido indivíduos interessados em conhecer a forma de vida desse público. Foi o caso de 15 alunas de um curso de Pós-Graduação em Libras da faculdade Uníntese. Na quinta-feira passada (19), elas entrevistaram e gravaram vídeos com os integrantes da associação com o objetivo de saber como vivem os portadores desse tipo de deficiência e até como foi o desenvolvimento educacional de cada um.

Em visita a redação do A TRIBUNA na tarde de ontem (24), e tendo sua fala traduzida pela intérprete voluntária de Libras, Vanuza Martins Leite, o coordenador de eventos da Assuroo, Claudionor Bauer da Silva, afirmou que foi ótimo a visita das alunas de pós-graduação na semana passada. Para ele, a atividade representou um bom momento de socialização.

Já o gerente do Núcleo de Conselhos, José Pereira Júnior, tem percebido o reflexo provocado pela chegada da associação. Para ele, é possível realizar uma inclusão e interação entre os membros da Assuroo e os demais grupos presentes na unidade.

“Cursos gratuitos do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), por exemplo, são agora oferecidos não apenas para pessoas em tratamento de dependência química ou mulheres vítimas de violência doméstica, como também para os portadores de deficiência auditiva”, revelou o gerente.

Hoje, além dos conselhos, o Núcleo abriga mais 13 entidades e conta com o envolvimento de 500 pessoas em ações voluntárias.

PRÓXIMAS AÇÕES
A Associação de Surdos organiza a sua presença na 46ª Exposul, que ocorrerá de 6 a 11 de agosto, no Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias. Em todos os dias da feira, a Assuroo terá uma equipe em seu estande que fará a divulgação dos trabalhos da entidade e do Torneio Nacional de Futsal dos Surdos, que está marcado para o dia 3 de novembro, em Rondonópolis.

Fonte: A Tribuna – Mato Grosso

0 comments on “Associação ganha mais visibilidade no Núcleo dos Conselhos

Comments are closed.