Escola pública em Criciúma cria coral para alunos surdos

Referência em acessibilidade, escola promove coral entre alunos surdos em Criciúma

Crianças e adolescentes surdos da Escola Estadual São Cristóvão, em Criciúma, no Sul catarinense, encontraram em um coral uma oportunidade de socialização e crescimento pessoal. Enquanto a música toca, a professora traduz a letra para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) e os alunos acompanham a canção, como mostrou o Jornal do Almoço.

Luciane Camilo fica emocionada ao assistir à filha Beatriz durante uma apresentação. “Eu fico muito emocionada, porque ela era bem na dela, quase não tinha amigos. Ela tinha vergonha de fazer uma apresentação. Aqui, ela interage com os colegas que têm o mesmo problema que ela. Se a gente soubesse, a teria matriculado antes”, disse a mãe.

Professor bilíngue e intérprete

Atualmente, 20 alunos surdos estudam na unidade escolar. Em sala de aula, as crianças têm um professor bilíngue até o quinto ano. Nas turmas seguintes, há um professor intérprete.

“Se meu filho estivesse em uma escola normal, que não tem o trabalho que fazem aqui, ele não teria aprendido o que aprendeu até agora”, disse Jairo Medeiros dos Santos Jr.

A instituição recebe estudantes de toda região Sul do estado e é considerada uma referência em acessibilidade para surdos. Para a professora Rute Basílio, depois que entram na escola, o crescimento dos alunos é visível.

“A desenvoltura, os alunos se sentem mais no meio também. Isso é uma coisa que a gente percebe bastante. Essa coisa da apresentação, do teatral, eles se sentem realizados”, afirmou.

Fonte: G1

Já conhece a Audithus? Venha nos visitar!
contato@audithus.com.br
São Caetano: 11 2376-7703
Santo André: 11 2325-3357
São Bernardo: 11 3907-6463
Mauá: 11 4544-2371

0 comments on “Escola pública em Criciúma cria coral para alunos surdos

Comments are closed.