Filho sofre bullying, e mãe adapta aparelho auditivo com super-heróis

Mãe descobriu outros casos e resolveu investir no negócio, no Paraná. Menino tem 5 anos e se sentia constrangido com o aparelho.

A empresária Gabrielle Fenianos Bittencourt, que mora em Curitiba, viu na dificuldade do filho Lorenzo de 5 anos em se adaptar com um aparelho auditivo uma oportunidade para ajudar várias crianças que passam pela mesma situação. Ela criou acessórios com personagens de super-heróis e desenhos animados para deixar o aparelho mais alegre e, com isso, evitar o constrangimento do filho em usar o equipamento.

“Nós tivemos muita dificuldade para fazer a adaptação do Lorenzo. O aparelho era bege, era uma coisa meio feia. Não era uma coisa atrativa, não era uma coisa que adorava usar”, explicoiu a mãe.

Gabrielle disse que fez uma pesquisa para saber se era só o filho dela que estava com dificuldade de adaptação com relação ao aparelho, mas acabou descobrindo vários outros casos. “Descobri que, em alguns casos, as crianças sofrem com bullying por causa disso”, contou.

“No caso do Lorenzo, por exemplo, eu lembro que uma vez uma menina de 14 anos ficou zombando dele e dizendo que o aparelho era maior do que a orelha. Foi horrível. Eu nunca me esqueço dessa situação absurda. Ele ficou muito triste”, lembrou a mãe.

Gabrielle contou ainda que que a deficiência auditiva de Lorenzo foi descoberta quando ele tinha seis meses de idade. “Nós começamos a adaptar o acessório logo quando fizemos a compra do primeiro aparelho para o Lorenzo. Ele veio com vários adesivos, mas conforme foram acabando, eu vi que aquilo não satisfazia mais ele. Aí eu pensei em fazer algo com um personagem que ele realmente gostasse. Foi então que fiz o primeiro com a imagem do Capitão América e do Superman. E ele amou de paixão”, disse Gabrielle.

“E eu percebi que na escola do Lorenzo, as outras crianças também gostaram muito e aprovaram. Tinha até aqueles que, mesmo sem ter deficiência auditiva, queriam usar o acessório porque achavam legal”, argumentou.

A partir daí, Gabrielle resolveu investir no negócio. Atualmente, ela vende os acessórios com vários personagens e criou um modelo até para adultos um pouco mais sofisticados.

Os produtos patenteados e vendidos através do Facebook. O par de plugs para crianças custa R$ 20 e já vem adaptado tanto para implante coclear, quanto para aparelhos convencionais, além de uma cartela de adesivos com um tema a escolher. Para as crianças, os produtos são emborrachados.

“Faz pouco mais de um mês que eu resolvi divulgar o negócio e já vendi centenas de pares. O mais legal é receber o retorno das pessoas. Eles ficam felizes da vida e me ligam pra agradecer, me mandam vídeos e tal. Muito legal”, comemora Gabrielle.

Fonte: G1 Globo

Já conhece a Audithus? Venha nos visitar!
contato@audithus.com.br
São Caetano: 11 2376-7703
Santo André: 11 2325-3357
São Bernardo: 11 3907-6463
Mauá: 11 4544-2371

0 comments on “Filho sofre bullying, e mãe adapta aparelho auditivo com super-heróis

Comments are closed.